Outra Economia Acontece

Loading...

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

ECOSOL é Notícia no ABCD Maior

Luiz Marinho quer dar espaço a economia solidária

Por: Deise Cavignato (deise@abcdmaior.com.br)


O candidato a prefeito de São Bernardo pelo PT, Luiz Marinho, assinou uma carta neste sábado (30/08) pela manhã se comprometendo a criar um espaço para a economia solidária na cidade, caso vença as eleições.: “Creio que a carta seja uma forma de compromisso com São Bernardo. Vou criar um fórum de economia solidária para incentivar, discutir e participar. Quero partilhar a necessidade de crédito para fomentar a agricultura e outros ramos e criar uma incubadora de empresas de economia solidária para o surgimento de novas empresas e aí incluir pessoas o que gera empregos”, falou Luiz Marinho durante encontro de cooperativas da Região.
O encontro foi no Centro de Formação Celso Daniel em São Bernardo e discutiu políticas públicas para o incentivo de formação de novas rendas na cidade.“As políticas públicas são importantes porque geram trabalho e renda nesse setor de economia solidária. Trabalhamos com empresas recuperadas, reciclagem e outros setores e precisamos de cooperativas de crédito, bancos comunitários e fórum de discussão”, disse o presidente da Unisol Brasil (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários), Arildo Mota Lopes.

O debate foi uma iniciativa da Unisol e do Centro de Formação Profissional Padre Léo Commissari e contou com a presença de entidades como a Educafro, Mova, Uniforja, Fundação Salvador Arena, Solano Trindade, entre outras, e reuniu mais de 200 pessoas.

O diretor-tesoureiro da Unisol, Marcelo Kehdi Rodrigues, acredita na possibilidade de fortalecer os micro-empreendimentos: “Para as cooperativas crescerem no aspecto de rede, uma ajudando a outra, nós acreditamos que seja necessário políticas públicas. Tudo isso depende da vontade política de governantes locais, por isso, é muito importante a discussão na nossa cidade. É importante se preocupar em fortalecer as cooperativas e seus trabalhadores nelas, não só para manter os direitos conquistados pelos trabalhadores com as leis trabalhistas, mas ampliá-los”, afirmou.

http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=8548

Nenhum comentário: