Outra Economia Acontece

Loading...

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Oficina Sistema Participativo de Garantia em Osasco

“Participe da Oficina de Certificação na Economia Solidária e traga reflexões
a partir de seu Empreendimento Solidário.”

QUANDO?

Será dia 26/06/2009 das 13h00 às 18h00 h

ONDE?

No Centro Público de Economia Popular e Solidária de Osasco
Rua: Dimitri Sansaud Lavoud, 70 Vila Campesina, ao lado da Prefeitura.

SOBRE O QUE VAMOS CONVERSAR?

Retomada do Seminário do Comércio Justo e Solidário;
Reflexão sobre critérios princípios para elaboração de propostas para sistema de certificação (Sistema de Garantias),a partir da experiência dos EES- GRUPOS DE TRABALHO;
Apresentação dos grupos;
Esclarecimento de princípios e critérios existentes contribuindo para criação de processos procedimentos para diversos segmentos econômicos dentro do Estado de São Paulo;

Se possível, contribua com um prato de salgado, doce,suco ou refrigerante para nosso CAFÉ SOLIDÁRIO!

O QUE É CERTIFICAÇÃO?

A certificação é processo que engloba procedimentos que visam garantir a um determinado produto ou serviço,
algum diferencial caracterizado através de normas ou padrões estabelecidos.Garantindo assim,sua conformidade com os mesmos .por exemplo,os selos que garantem que um determinado produto é orgânico.

QUAL SUA FINALIDADE?

A finalidade da certificação é: garantir segurança e garantia aos consumidores, agregar valor,estimular um processo continuo de ampliação de qualidade,abertura de novos mercados e criar uma identificação coletiva,visando apresentar um diferencial de um determinado produto ou serviço.

O QUE SÃO OS SISTEMAS DE GARANTIA (SPG’S)?

Os SPG’S, são conhecidos como certificação participativa, é um processo de certificação fundada no controle social, na colaboração e no compartilhamento de responsabilidades. Buscando desenvolver procedimentos, normas e garantias que sejam construídas coletivamente.onde os próprios envolvidos buscam garantir seu cumprimento.Os SPG’S tem um custo operacional bem inferior aos processo de certificação tradicionais (de terceira parte) e para além do processo de certificação o mesmo é potencializador de um processo coletivo de trocas de tecnologias sociais e ampliação de identidades coletivas dos envolvidos.

Realização: Fórum Oeste Metropolitano de Economia Solidária/SP e Centro Público de Economia Popular e Solidária

Nenhum comentário: