Outra Economia Acontece

Loading...

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A Igreja Católica e o Mercado Financeiro: O Banqueiro de DEUS

Hoje, no El Pais saiu uma matéria relatando a nomeação de Gotti Tedeschi como o presidente do Banco do Vaticano IOR (Instituto para as obras da religião). O detalhe importante, é que antes, de chegar a esse importante cargo, Gotti, foi quem dirigiu o Banco Santander da Itália, aquele mesmo, que esta espalhado por todo território brasileiro e cobra juros mais que abusivos de todos os trabalhadores e trabalhadoras.

Na matéria destaca também, que Gotti, é da Opus Dei - um supernumerario - e amigo de muitos poderosos italianos, incluindo é claro, a elite política italiana e o atual Papa. O mais interessante de tudo é que Gotti participou da Enciclíca Papal que pedia mais justiça social no mundo (publicamos a mesma nesse blog). Inclusive, é citada a ECOSOL na mesma.

Gotti, é um defensor da superioridade de um capitalismo inspirado na moral cristã (Católica), do que o inspirado na moral protestante. Será que é o capitalismo com inspiração cristã aplicado pelo Santander?

Ficando claro assim, a distância entre as palavras e seus atos!

Será que o Banco Santander a elite do mercado financeiro (responsável pela maior crise do pós II Guerra) quer a Justiça Social? Será que o Vaticano e seu Banco querem a busca de uma sociedade sem lucros, sem financeirização da economia?

Leiam a matéria sobre o "Banqueiro de Deus"

Nenhum comentário: