Outra Economia Acontece

Loading...

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Prefeitura de São Bernardo aposta na Reciclagem, instalando ECOPONTOS

Caçambas difereciadas receberão concreto, blocos e cerâmica, madeiras e móveis velhos
A Prefeitura de São Bernardo está reestruturando o modo como recebe o lixo doméstico e o entulho resultante de pequenas obras. Serão instalados ecopontos na cidade. Caçambas diferenciadas vão recolher separadamente materiais resíduos vermelhos (blocos e cerâmicas), cinzas (concreto) e as madeiras e móveis velhos. Com a ação, a Prefeitura espera aumentar o percentual de material reciclado, diminuindo o depósito nos aterros.
Para essa mudança, a Secretaria de Serviços Urbanos, Gestão Ambiental e Desenvolvimento Econômico e Turismo está finalizando um estudo para avaliar quais pontos da cidade precisam receber um ecoponto. “Estamos em fase final da análise, que deve terminar ainda neste mês de maio. Desta forma saberemos quais pontos da cidade existe histórico de despejo de concreto, madeira ou resíduos do gênero”, explicou o secretário adjunto de Gestão Ambiental, Carlos Henrique Andrade de Oliveira.
De acordo com Oliveira, o programa irá auxiliar as pequenas reformas feitas em casa, mas as grandes continuam sendo responsabilidade do munícipe. “O ecoponto é uma alternativa para as pessoas que utilizarem até 1 m³ de lixo por dia, mais que isso o proprietário precisará contratar uma carreta." O valor de 1 m³, de acordo com o secretário adjunto, equivale a seis carrinhos de mão por dia. “Para o controle do entulho e organização dos resíduos, haverá em cada ecoponto um funcionário da Prefeitura para esclarecer as dúvidas dos moradores e ajudar na conscientização”, afirmou.
E a conscientização dos munícipes também é um ponto importante do processo de mudança do recolhimento. Para Oliveira, uma campanha massiva de instrução e conscientização deve ser realizada. “Não adianta colocarmos vários ecopontos se a população não souber utilizar."
Para um canal direto com o munícipe, o secretário adjunto já adiantou que será criada um serviço via telefone para que o cidadão possa ligar e pedir um ecoponto. “É provável que nós iremos inserir esse serviço de solicitação via o número 156, mas ainda estamos estudando o assunto.”

Nenhum comentário: